Quem escolher para madrinha de casamento

Publicado por helbabaroniads em

Uma das decisões mais difíceis quando se começa a organizar os preparativos para o casamento é saber quem escolher para madrinha e padrinho de casamento.

Nessa hora, surgem diversas dúvidas como: qual o número máximo de padrinhos e madrinhas? Qual é o número mínimo? Como formar casais para padrinho e madrinha? O que manda a etiqueta? Como convidá-los?

Nesse post você vai encontrar todas as respostas para essas perguntas, de forma que consiga se preparar para essa escolha com tranquilidade.

Quem escolher para madrinha e padrinho de casamento: número certo?

Primeiro vale ressaltar que não existe um número certo de madrinhas e padrinhos. Os noivos são livres para decidir quantas pessoas vão querer nesse papel tão importante ao seu lado no altar.

Mas para você conseguir se guiar, pense no tamanho do local onde fará a sua cerimônia. Se for um local com espaço restrito, a logística vai pedir que você tenha menos casais de padrinhos.

Se for um local amplo, ter todos os padrinhos e madrinhas enfileirados ao seu lado vai ajudar a compor uma linda imagem.

Porém, mais do que para ficar bem na foto, você deve convidar para esse papel pessoas queridas. Pessoas que você tem contato, que fazem parte da sua vida cotidiana e que você atribui um sentimento especial.

Não caia na besteira de convidar para padrinho pessoas com alto poder aquisitivo para ganhar bons presentes de casamento.

O papel dos padrinhos e madrinhas é de abençoar o casal, estar junto nessa nova etapa da vida, por isso, dê valor a esse sentimento genuíno que vem junto dessa escolha.

Como formar casais de padrinhos e madrinhas

Se você deseja convidar uma pessoa que é da sua família, mas essa pessoa ainda não é casada, por exemplo, um primo que você goste muito, mas ele não é casado ainda.

Você não tem a obrigação de convidar a namorada do seu primo para madrinha, ou para fazer par com ele no altar.

Nesse caso você pode fazer a sua escolha do casal sem preocupações com mal estar ou desconfortos.

Quando você convida alguém que já é casado você não deve jamais separar o casal. Por exemplo, a noiva convida uma amiga casada para madrinha, mas não tem afinidade com o marido da amiga, isso não vai importar. Ele se torna padrinho e par junto a ela no altar.

É inconcebível separar casais casados no convite para padrinhos e madrinhas. Além de uma gafe, você estará faltando com o respeito ao casal.

Quando o seu padrinho ou madrinha é solteiro, você deve perguntar, por educação a eles se aceitam fazer par com a pessoa que você escolheu.

É importante essa preocupação em perguntar antes, pois assim você pode organizar os pares, sem que haja mal estar entre os casais formados.

Como convidar os padrinhos?

Outro ponto muito interessante é enviar aos padrinhos um mimo especial junto ao convite. Eles estão aceitando uma responsabilidade de abençoar sua união, portanto, seja grato a eles por estarem com você nesse momento.

Você pode oferecer um almoço para os padrinhos antes da data do seu casamento, como forma de agradecer, ou mesmo as lembranças personalizadas que tanto fazem sucesso.

O importante é mostrar que você se importa com a aceitação deles.

O casamento é um momento cheio de simbologia e sentimentos de união, amor e felicidade. Demonstrar que se importa com esses detalhes mostra o quanto você e seu noivo querem respeitar essa união.

E agora? Ficou mais fácil escolher quem convidar para madrinha e padrinho de casamento?

Categorias: Casamentos